Policiais rodoviários federais resgatam aves silvestres mantidas em cativeiro na região de Itaberaba na Chapada Diamantina - Comando Brasil

Policiais rodoviários federais resgatam aves silvestres mantidas em cativeiro na região de Itaberaba na Chapada Diamantina

Os responsáveis pelos animais não tinham autorização de órgão ambiental para criação dos pássaros silvestres.

Informações Jornal da Chapada
Os agentes resgataram espécies conhecidas como canário, cardeal e papa-capim (Foto: Divulgação/PRF)

Sete aves silvestres foram resgatadas por policiais rodoviários federais (PRFs) durante diferentes ações de fiscalização realizadas no município de Itaberaba, portal de entrada da Chapada Diamantina, na última semana. Em atividades realizadas na quinta-feira (20), os agentes resgataram espécies conhecidas como canário, cardeal e papa-capim.


“O primeiro resgate foi registrado por volta das 15h20, quando os agentes federais visualizaram uma gaiola, contendo um canário na frente da residência de uma mulher. Ela relatou que o animal pertencia ao seu neto, acrescentando não possuir nenhum tipo de autorização ambiental”, informa texto publicado na página oficial da PRF.

Conforme relato divulgado, pouco tempo depois, a equipe federal visualizou nas imediações do local, uma outra gaiola contendo pássaro da espécie ‘trinca-ferro’. A segunda pessoa abordada disse que também não tinha documentação. Os policiais encontraram ainda um pássaro da espécie cardeal, ele estava em gaiola, pendurado em galhos de uma árvore nas proximidades, mas o proprietário não foi identificado.


Já por volta das 16h30 da última quinta, os PRFs avistaram dois adolescentes caminhando às margens da BR-242 com gaiola. Ao perceberem a aproximação da viatura policial, os jovens soltaram a gaiola e fugiram pela vicinal, não sendo possível alcançá-los. Após recolher a gaiola, a equipe federal verificou que nela continha três pássaros, dois da espécie popularmente conhecida por papa-capim e um da espécie de nome popular canário da terra.

Ao final, foram lavrados Termos Circunstanciado de Ocorrência (TCO) em desfavor das envolvidas por crime ambiental, e todas as aves silvestres resgatadas foram encaminhadas à Secretaria de Meio Ambiente do município de Itaberaba. Jornal da Chapada com texto base da PRF.

Compartilhar Google Plus

Compartilhe e comente nas redes sociais

Compartilhar Whats