Maior parte dos municípios atingidos por incêndios florestais fica na Chapada Diamantina e no oeste da Bahia - Comando Brasil

Maior parte dos municípios atingidos por incêndios florestais fica na Chapada Diamantina e no oeste da Bahia

Duas aeronaves do tipo AirTractor estão dando apoio aos bombeiros militares nos combates.

Informações Jornal da Chapada
Pelo menos 20 municípios dessas localidades já foram atingidos (Foto: Divulgação/CBMBA)

Os incêndios florestais que têm acontecido na Bahia são concentrados na Chapada Diamantina e na região oeste do estado. Pelo menos 20 municípios dessas localidades já foram atingidos. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA), esse número seria ainda maior se não fosse pela atuação dos brigadistas voluntários de combate a incêndios capacitados pela corporação através do Programa Bahia Sem Fogo.


Duas aeronaves do tipo AirTractor estão dando apoio aos bombeiros militares nos combates. Na Área de Proteção Ambiental (APA) Marimbus-Iraquara uma equipe com 15 bombeiros militares especialistas em combate a incêndios florestais atua em incêndio que atinge a Serra da Cravada, próximo à cachoeira do Mosquito, Lençóis. Na última semana, o CBMBA controlou rapidamente um incêndio de grande proporção na mesma Área de Preservação Ambiental (APA), numa região diferente. Na região de Rio de Contas, um novo foco foi descoberto.
Chapada Diamantina é atingida por incêndio de grandes proporções em área de vegetação entre Rio de Contas e Livramento (Foto: Corpo de Bombeiros)

Outra equipe com cerca de oito bombeiros militares atuou em Abaré em incêndio que foi declarado extinto na última segunda-feira (28). O clima é um dos fatores que influenciam os incêndios florestais. Nesta época do ano, as condições meteorológicas ficam mais propícias a potencializarem a ação das chamas, mas as causas, cerca de 95% dos incêndios, têm relação com a ação humana. Se cada um colocar em prática a prevenção, o incêndio será evitado ou controlado com maior eficácia.


Dentre as causas mais comuns, chama-se a atenção para as o uso indevido do fogo nas lavouras, especialmente nessa época do ano, pontas de cigarros lançadas acesas nas rodovias, a queima indevida de resíduos. Fogueiras mal apagadas, fogos de artifícios, raios, piromania e queimadas também estão entre as prováveis causas.

Vídeo de combate a foco



O CBMBA adverte que as pessoas não usem o fogo em hipótese nenhuma para lidar com limpeza de terrenos ou se livrar do lixo. Ao se deparar com um foco de incêndio, basta ligar para o Corpo de Bombeiros -193 ou manter contato com as autoridades locais, uma vez que não é fácil extinguir um fogo. Jornal da Chapada com informações de assessoria.
Compartilhar Google Plus

Compartilhe e comente nas redes sociais

Compartilhar Whats

0 Comentários:

Postar um comentário