Acidente com ônibus na BR-101 deixa sete mortos, com uma criança, e 28 feridos

Ônibus caiu em rio após colidir com kombi que realizada ultrapassagem proibida sobre ponte

Informações Correio24hs
O acidente com um ônibus da empresa Rota Transportes, que aconteceu na noite desta sexta-feira (7), na BR-101, deixou sete mortos, sendo cinco mulheres, identificadas como Madalena Nunes, Valéria da Conceição Rodrigues, Marlene Alves dos Santos, Iasmin da Silva Lopes, o motorista do ônibus, José Nilson, e uma criança, Diana Silva Souza, que teria entre seis e sete anos, segundo a delegacia de Itapebi, no extremo sul da Bahia.
O coletivo saía de Ilhéus em direção a Porto Seguro e caiu da ponte sobre o rio Jequitinhonha, após uma kombi tentar fazer uma ultrapassagem e colidir lateralmente com o ônibus. A mureta no entorno da ponte cedeu ao peso do veículo, que caiu de uma altura de mais de 30 metros.
(Foto: Itapebi Acontece)
Segundo a delegacia, o coletivo transportava cerca de 35 pessoas, mais o motorista. Destas, 28 ficaram feridas, sendo 24 levadas ao Hospital Regional de Eunápolis, duas ao Hospital Regional Deputado Luis Eduardo Magalhães em Porto Seguro, em estado grave, uma a Itagimirim e outra para Itapebi.
O motorista da kombi, Adriano Moreira de Souza, de 36 anos, foi apontado como suspeito de ter causado o acidente, estando detido na delegacia. Ele passou por um exame de bafômetro, que deu negativo, mas pode responder por homicídio doloso ou culposo, a depender dos rumos da investigação. O motorista disse na delegacia que foi atrapalhado na direção por um terceiro veículo - a polícia ainda investiga se houve de fato esse outro carro no acidente.
(Foto: Gazeta da Bahia)
Logo após a queda no rio, pescadores que estavam próximos ao local ajudaram no resgate e na retirada dos corpos, sendo suspensas as buscas por volta da 1h30 da manhã. A correnteza do rio arrastou o ônibus por 30 metros, mas a hidrelétrica, que fica a 1km do acidente, fechou as comportas para ajudar no resgate.
As buscas foram retomadas na manhã deste sábado após a polícia ser informada sobre o desaparecimento de outras pessoas. Segundo a delegacia, ainda não se sabe o número exato de passageiros, pois alguns poderiam ter embarcado ou desembarcado quando o coletivo parou em Camacan.
Uma pessoa que comprou o bilhete não embarcou no ônibus. Algumas das vítimas que estão internadas no Hospital Regional de Eunápolis já foram identificadas. São elas: Marina Coelho Araújo, Matheus Monteiro Piedade, Carlos Alexandre, Vera Lucia Nunes, Walter Francisco de Oliveira, Jedeval Santos da Silva, Emerson Santos da Silva, Patricia Cavalcante Silva, Ilma Angelica Lopes, Erivaldo de Jesus Almeida, Jose Roberto dos Santos, Luan Santana, Francis Marinho e Rosemeire Souza Coelho.

(Foto: Sul Bahia News)
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário