Demandas turísticas de Ibicoara na Chapada Diamantina são discutidas por secretários - Ibicoara de Todos

Demandas turísticas de Ibicoara na Chapada Diamantina são discutidas por secretários

Na ocasião, os gestores trataram da necessidade de qualificação da mão de obra.

Informações Setur Bahia
A potencialização dos diversos segmentos turísticos de
Ibicoara, município localizado na Chapada Diamantina, que fica a 570 quilômetros da capital baiana, foi colocada em pauta durante a reunião que ocorreu nesta terça-feira (04) entre os secretários de turismo estadual, Fausto Franco, e municipal, Luan Sampaio, no gabinete da Secretaria de Turismo do Estado da Bahia

Na ocasião, os gestores trataram da necessidade de qualificação da mão de obra,  e Fausto Franco aproveitou para dizer que estão sendo contratados cursos com o Sebrae e o Senac para que os destinos possam oferecer um receptivo de qualidade aos turistas que procuram o Estado. 


Placa de orientação do Parque Natural Municipal do Espalhado em Ibicoara. (Foto Rodrigo Anjos/Ibicoara de Todos)
Placa de orientação do Parque Natural Municipal do Espalhado em Ibicoara. (Foto Rodrigo Anjos/Ibicoara de Todos)


Ele acrescentou que o potencial de Ibicoara é inegável, faltando apenas viabilizar para que o destino fique sendo apenas para a passagem das pessoas, mas que eles se interessem em ir até lá, pois além da famosa Cachoeira do Buracão, que tem cerca de 85 metros de altura, Ibicoara abriga outra grande atração turística da Chapada, que é a Cachoeira da Fumacinha. Aliado a essas belezas naturais, o secretário municipal, Luan Sampaio, destacou que a região ainda possui grande apelo para o turismo rural, gastronômico e religioso. 

Na última viagem de Franco à Chapada, ele firmou  Termo de Doação de Placas Turísticas para Ibicoara.  "São placas informativas para exposição de imagens e informações turísticas em ambientes externos", explicou. 

"A instalação das placas tem como finalidade orientar os visitantes e divulgar as belezas da região, contribuindo assim para o seu desenvolvimento turístico e econômico", observou Fausto Franco. 

Compartilhar WhatsApp

Compartilhe e comente nas redes sociais

Compartilhar WhatsApp