Vale do Capão na Chapada Diamantina reabre as atividades econômicas e turísticas seguindo protocolos sanitários - Comando Brasil

Vale do Capão na Chapada Diamantina reabre as atividades econômicas e turísticas seguindo protocolos sanitários

Para os nativos, que temem a reabertura, a vila da zona rural de Palmeiras é distante da cidade de Seabra, onde tem hospital referência; o local é desprovido de uma unidade hospitalar.

Informações Jornal da Chapada
Cidade e Vilas do Vale do Capão (Foto: Divulgação/Guia)
Cidade e Vilas do Vale do Capão (Foto: Divulgação/Guia)

Mediante cumprimento dos protocolos recomendados pelos órgãos de saúde contra a covid-19, o Vale do Capão, no município de Palmeiras, na Chapada Diamantina, reabriu as atividades nesta sexta-feira (20). A informação foi publicada pelos sites ‘Alô Alô Bahia’ e ‘Bahia Social Vip’, onde ambos apontam que o objetivo é voltar a fortalecer a economia local, que tem no turismo uma das suas principais bases. O Jornal da Chapada não conseguiu contato com a prefeitura para tratar do assunto.

“Os comércios estão se estruturando para essa reabertura. Se nada acontecer por esses tempos, tudo indica que estará aberto durante o período de fim de ano”, afirma o chef e empresário Marcos Carneiro, do ‘Alquimia 13 Bistrô’. Na contramão de tudo isso, algumas medidas estão sendo tomadas por parte do poder público do município de Palmeiras, moradores e comerciantes, empenhados em assegurar condições estruturais que o município venha atender.

Além de ser o ‘paraíso’ sonhado por muitos, o Vale do Capão enfrenta problemas de diversas ordens, e se esses percalços não forem sanados, o Vale caminhará de mal a pior. Para os nativos, que temem a reabertura, a vila é distante da cidade de Seabra, onde fica o hospital mais próximo, e os moradores são desprovidos de uma unidade hospitalar, caso surjam novos casos de covid-19 na região.

Compartilhar Google Plus

Compartilhe e comente nas redes sociais

Compartilhar Whats