Incêndio criminoso na Chapada Diamantina tem reignição após intenso combate; brigadistas apontam falta de equipamentos - Comando Brasil

Incêndio criminoso na Chapada Diamantina tem reignição após intenso combate; brigadistas apontam falta de equipamentos

O fogo voltou a ameaçar a região da nascente do Rio Mato Grosso, responsável por abastecer o município chapadeiro.

Informações Jornal da Chapada
 O incêndio em Ituaçu foi identificado e, de imediato, foi criado um grupo para combate (Foto: Divulgação)

Um incêndio florestal criminoso teve reignição nesta sexta-feira (6) após ter sido controlado rapidamente por brigadistas voluntários no município de Ituaçu, na Chapada Diamantina. O combate intenso durante toda a noite de quinta (5) e madrugada desta sexta (6) tinha contido as chamas, mas elas voltaram com o calor do dia. Mesmo com falta de equipamentos de proteção individual (EPIs) os combatentes conseguiram conter as chamas e faziam rescaldo e monitoramento quando o fogo voltou a ameaçar a região da nascente do Rio Mato Grosso, responsável por abastecer a cidade chapadeira.

De acordo com o coordenador de Meio Ambiente de Ituaçu, William Oliveira, o fogo foi identificado na última quinta, por volta do meio dia. Ele explica que existe déficit de equipamentos e aponta que não teve ajuda do governo estadual até o momento. “A gente está com uma escassez de equipamento. Durante todo o incêndio estávamos com os brigadistas mais duas bombas costais. Só tinha duas pessoas equipadas com coturno calça”, informa Oliveira ao Jornal da Chapada. O Corpo de Bombeiros deve enviar uma equipe para auxiliar os brigadistas no combate ao fogo em Ituaçu, aponta o coordenador.


“A realidade é essa, o governo do estado ainda não nos ajudou, mas precisamos de apoio, de capacitação. Foi combate direto por 12 horas, saímos do local do incêndio por volta das 4h30 [da sexta] e deixamos uma equipe de oito pessoas fazendo monitoramento e rescaldo, e teve reignição durante o dia”, completa. Oliveira ainda diz que, com o trabalho conjunto, o incêndio criminoso deve ser controlado durante a noite desta sexta.

“Agora é acompanhar, por ser área de nascente do Rio Mato Grosso toda atenção é pouco, pois é quem abastece nossa cidade, por isso nossa preocupação. O rio já está com um volume de água bem baixo. Agradecemos a todos os que nos apoiaram, como todos da brigada ‘BAT Fogo’ de Ituaçu, a Secretaria Municipal de Turismo, Secretaria de Meio Ambiente, a prefeitura local, além da brigada ‘Os Guerreiros’ de Barra da Estiva e a Secretaria de Meio Ambiente de Ibicoara”, frisa William.

Veja vídeo do fogo em Ituaçu




Atuação rápida
O incêndio em Ituaçu foi identificado e, de imediato, o coordenador de Meio Ambiente do município, William Oliveira, e o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, André Magalhães, foram ao local e constataram que era preciso intervenção urgente. Eles reuniram os voluntários, e mesmo com pouco equipamento foram para o combate.


“A gente percorreu a área e constatou que era necessário um combate emergencial. Por volta de 15h30 entramos em combate com uma equipe de 11 pessoas. Foi um combate intenso, solicitamos apoio das brigadas vizinhas que estavam fazendo monitoramento de um incêndio recente”, descreve Oliveira. Ele ainda aponta que a brigada de voluntários de Ibicoara, e o pessoal da Secretaria de Meio Ambiente forneceu ajuda com equipamento e recurso humano.
Compartilhar Google Plus

Compartilhe e comente nas redes sociais

Compartilhar Whats