Chapada Diamantina é a pedida para curtir o final de 2019, mas é preciso planejamento - Comando Brasil

Chapada Diamantina é a pedida para curtir o final de 2019, mas é preciso planejamento

Com montanhas, rios, cachoeiras, grutas e cidades de casario colonial que fizeram história durante o Ciclo do Diamante, a região é ideal para o convívio com a natureza e a prática do ecoturismo.

Informações Jornal da Chapada
Com as férias e recessos é possível se organizar melhor para viajar para a Chapada e curtir esse lugar com tempo (Foto: Dmitri de Igatu)

A Chapada Diamantina é conhecida no Brasil e no mundo pela sua boa energia, natureza encantadora e pelas pessoas dos lugares, sempre muito acolhedoras. E fim de ano é uma época ideal para conhecer locais da região que é uma das mais importantes zonas turísticas da Bahia. Com as férias e recessos é possível se organizar melhor para viajar para a Chapada e curtir esse lugar com tempo.


No entanto, é nesse período que a ocupação hoteleira gira em torno dos 100% em muitas cidades, como Lençóis, por exemplo. São pessoas de todo o mundo, inclusive sempre é expressiva a presença de franceses, ingleses, holandeses e argentinos. Então é preciso mesmo se programar. Passadas as duas primeiras semanas de janeiro, o movimento segue estabilizado em 75%, com boa perspectiva para a temporada. Há um grande número de reservas para fevereiro e março, sobretudo nos dias de Carnaval.



Com montanhas, rios, cachoeiras, grutas e cidades de casario colonial que fizeram história durante o Ciclo do Diamante, a região é ideal para o convívio com a natureza e a prática do ecoturismo. A economia não está tão boa quanto já esteve na última década, mas a expectativa é que as pessoas ainda possam ter gastos com lazer.

No começo deste ano, por exemplo, o hotel Canto das Águas, em Lençóis, ficou lotado de 30 de janeiro até a data do carnaval e a esperança dos hotéis é que assim permaneça a procura neste fim de 2019. Vale lembrar que quando o movimento em Lençóis é bom, as cidades vizinhas (Mucugê, Andaraí, Ibicoara, Iraquara e o Vale do Capão, no município de Palmeiras) estão igualmente repletas de visitantes.


Compartilhar Google Plus

Compartilhe e comente nas redes sociais

Compartilhar Whats