Incêndio na Chapada Diamantina já dura 21 dias e voluntários continuam no combate

Os brigadistas voluntários tentam apagar o fogo no topo do Morro Branco, onde as chamas persistem por dezenas de dias

Informações Correio24horas
Combate ao incêndio continua (Foto: Tayne Luz/Jornal da Chapada)
Combate ao incêndio continua (Foto: Tayne Luz/Jornal da Chapada)

Uma equipe de voluntários com oito pessoas foi enviada, na manhã desta sexta-feira (13), para combater o incêndio que já dura 21 dias no Morro Branco, que fica dentro do Parque Nacional da Chapada Diamantina, nas proximidades do Vale do Capão, área do município baiano de Palmeiras.

Mesmo com o combate, o fogo ainda persiste. Segundo Alexandre Presto, da Associação de Guias e Brigada Voluntária, a equipe que foi enviada nesta quinta-feira (12) para o local conseguiu apagar as chamas no pé da montanha e, na manhã de hoje, fizeram o rescaldo para evitar novos focos.
A outra equipe enviada hoje vai combater as chamas que iniciaram há 21 dias no topo do Morro Branco. Ainda de acordo com Presto, as duas equipes estão trabalhando para evitar que brasas desçam a montanha e provoque novos focos de incêndio.
"Durante o dia são oito pessoas, mas pela noite sempre aparecem mais voluntários, uns 13 ou 14, para auxiliar no combate. Só não vem mais porque não temos equipamentos suficiente para todo mundo. Quem tem de mandar o material, não manda e isso prejudica o trabalho dos voluntários", reclamou Presto.

Incêndio em Lençóis
Um novo incêndio dentro do Parque Nacional da Chapada Diamantina começou na manhã desta quinta-feira (12) na área do Rio Mucugezinho. Segundo o chefe substituto do Parque, César Gonçalves, as chamas começaram por volta das 11h e se alastraram rapidamente até as proximidades do Morro do Pai Inácio. Lá, o fogo foi controlado.
(Foto: Divulgação)

Hoje, uma equipe foi enviada para apagar, de forma mais intensa, outra frente de fogo que está queimando na região de uma localidade conhecida como Ponen. "Há pelo menos outras duas frentes de fogo que ainda não estão sendo combatidas na região da Serra do Capão Preto, aqui próximo a Lençóis. Uma equipe com cerca de cinco pessoas já foi enviada para lá, mas eles ainda não chegaram", disse.

Segundo César Gonçalves, 30 pessoas estão trabalhando no combate aos incêndio da região de Lençóis, entre eles os brigadistas voluntários, o Corpo de Bombeiros e o PrevFogo, do Ibama.

Ontem o km 340 da BR-242 chegou a ser totalmente interditado por causa do incêndio de grandes proporções. O bloqueio aconteceu por volta das 12h30, em razão da fumaça no local, que dificultava a visibilidade de motoristas na rodovia. Por volta das 14h30, a rodovia federal chegou a ser liberada por cerca de 15 minutos, mas foi novamente bloqueada por conta da baixa visibilidade.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário