Banco é explodido por quadrilha em São Felipe; PM não estava na cidade

Meia hora antes da ação, a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima sobre crime na zona rural e saiu para investigar

Informações Correio24horas
(Foto: Blog JC Radialista)

Uma agência do Banco do Brasil foi explodida durante um assalto na madrugada desta quarta-feira (10) na cidade de São Felipe, situada a 178 quilômetros de Salvador. O crime aconteceu por volta das 2h30, quando um grupo com oito homens armados chegou na cidade em dois veículos - um Ford Fiesta branco e um Fiat Punto de cor escura.


De acordo com o titular da delegacia de Polícia Civil do município, Alan Ricardo Macedo, meia hora antes da ação a Polícia Militar de São Felipe recebeu uma denúncia anônima.
"Ligaram para a PM e disseram que houve uma situação na zona rural. Só que a polícia saiu para investigar e quando chegou no local não tinha nada lá", relatou o delegado. "Acreditamos que essa denúncia serviu apenas para despistar e tirar a PM da cidade durante o crime", comenta Alan Macedo.
(Foto: Blog JC Radialista)


Um dos veículo, o Fiesta branco, ficou parado perto da delegacia da cidade, que fica fechada durante a madrugada. Somente três dos oito envolvidos entraram na agência para realizar a explosão, que atingiu dois caixas eletrônicos do Banco do Brasil.
"Só um deles foi arrombado, o outro apenas entortou e permaneceu fechado", disse o delegado de São Felipe.  O bando roubou o dinheiro do caixa violado durante a explosão. Ainda segundo a polícia, a ação pode ter sido motivada por um depósito feito na agência pela casa lotérica da cidade na terça-feira (9).
"Além do dinheiro solto, eles também levaram envelopes de depósito. Mas não levaram todos. Mas a perícia identificou que alguns envelopes que estavam com dinheiro não foram levados pelos bandidos", relata o titular. O grupo fugiu em seguida, na direção da zona rural da cidade.
Na pista, eles jogaram 'miguelitos' - pregos artesanais feitos para furar os pneus de carros da polícia e inibir uma perseguição. As policias Civil e Militar realizam buscas pelos suspeitos na região, mas ninguém tinha sido preso até às 11h desta quarta-feira (10). 
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário