Criminosos explodem dois bancos na Bahia e trocam tiros com policiais

Os criminosos se preparavam para explodir a terceira agência da cidade quando foram surpreendidos pela Polícia Militar

Informações Correio24horas
Os moradores da cidade de Valente, município localizado a 238 quilômetros de Salvador, viveram uma madrugada de pânico nesta quarta-feira (10). Um grupo com cerca de 15 homens fortemente armados invadiu a cidade e explodiu duas agências bancárias, além de trocar tiros com a Polícia Militar.

Grupo explode dois bancos e troca tiros com a PM em Valente (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Grupo explode dois bancos e troca tiros com a PM em Valente (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
De acordo com a delegacia de Polícia Civil da cidade, a ação criminosa começou por volta das 2h, quando os integrantes da quadrilha explodiram as agências do Bradesco e Banco do Brasil que ficam em uma praça no centro de Valente.
Eles foram surpreendidos por uma guarnição da Polícia Militar, da Companhia de Emprego Tático Operacional (Ceto), enquanto se preparavam para explodir a terceira agência bancária na cidade, desta vez a do banco Caixa Econômica Federal. Os assaltantes trocaram tiros com a PM por cerca de 15 minutos.
O grupo fugiu por um matagal, e a PM realiza buscas pelos integrantes na região. A quantia roubada durante a ação não foi divulgada. Muitos moradores acordaram com o barulho das explosões dos bancos e se assustaram com a ação. A agência do Bradesco ficou completamente destruída, enquanto a do Banco do Brasil foi parcialmente destruída com o impacto das explosões. 
Ninguém ficou ferido durante o roubo e troca de tiros. Ainda segundo a polícia, informações preliminares apontam que a quadrilha utilizou bananas de dinamite para realizar as explosões. 
Os criminosos se preparavam para explodir a terceira agência da cidade quando foram surpreendidos pela Polícia Militar (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
(Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Muitos moradores acordaram com o barulho das explosões dos bancos e se assustaram com a ação (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
(Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário