Mais de 140 mil eleitores baianos estão irregulares e podem perder o título

Do total divulgado, 43.192 têm Salvador como domicílio eleitoral

Informações Correio24horas
Mais de 140 mil eleitores baianos estão em situação irregular com a Justiça Eleitoral e podem perder o título de eleitor. Isso se aplica a quem não votou e não justificou nas três últimas eleições deve comparecer a um dos postos da Justiça eleitoral do Estado com documento oficial com foto, título de eleitor e comprovante de residência até o dia 4 de maio. 
(Foto: Arquivo EBC)

Do total divulgado, 43.192 têm Salvador como domicílio eleitoral, 4.440 Feira de Santana e 3.707 Vitória da Conquista - as cidades são os três maiores colégios eleitorais da Bahia.
É possível verificar se seu documento está entre os que serão cancelados no Portal do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA).
Em Salvador, os atendimentos são realizados na sede do TRE-BA, Casa da Justiça e Cidadania (CJC), localizada no Shopping Baixa dos Sapateiros, ou nos postos dos SACs Barra, Comércio, Periperi e Cajazeiras. Clique aqui para consultar os endereços e telefones dos cartórios eleitorais do interior baiano.
Quem não regularizar a situação e tiver o registro cancelado pode ser impedido de retirar passaporte e enfrentar dificuldades em outras situações, como ser nomeado em concurso público, renovar matrícula em locais de ensino público e demais ocasiões em que uma certidão de quitação eleitoral for exigida, além de, claro, não poder votar.

Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário