Refém de assalto a banco é liberado após 14h em matagal da BR-101, BA

Crime ocorreu na agência do Bradesco de Itajuípe, na manhã de quarta.
Gerente está abalado, diz polícia; depoimento pode acontecer nesta quinta.


Informações G1 BA
Carro queimado foi encontrado na rota de fuga dos criminosos em Itajuípe, na Bahia (Foto: Camila Oliveira/TV SantaCruz)
O gerente administrativo da agência do Bradesco do município de Itajuípe, na região sul da Bahia, foi liberado por volta das 22h de quarta-feira (14) em um matagal da BR-101 após ter sido refém de assalto por 14h.
O depoimento da vítima à polícia poderá ocorrer entre a tarde desta quinta-feira (15) e a sexta (16), segundo informações do Grupo Avançado de Repressão a Crimes Contra Instituições Financeiras (Garcif). "Ele está abalado emocionalmente. Vamos aguardar uma posição dele", informa Magda Suely Figueiredo, delegada titular da Garcif, ao G1.
Assalto
O crime teve início por volta das 8h de quarta-feira quando quatro homens armados e encapuzados invadiram a unidade bancária enquanto os funcionários chegavam para trabalhar, roubaram um malote com dinheiro - que caiu na pista durante a fuga - e levaram o gerente refém.
Além do dinheiro, os criminosos roubaram coletes à prova de balas e armas da seguranças do banco. Após a ação, os suspeitos queimaram o veículo em que estavam e encontraram outro grupo, possibilitando a fuga.
Segundo informações da polícia, um outro veículo utilitário que carregava capim foi localizado no meio da estrada de terra, próximo ao veículo queimado, sem avarias. A situação está sendo investigada.
A Polícia Civil, além das guarnições da Companhia Independente de Polícia Especializada (CIPE) das cidades de Coaraci, Almadina e Itabuna fazem rondas para localizar os suspeitos. Nenhum deles foi localizado até a publicação desta reportagem.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário