Bancários fazem nova assembleia em reta final de negociação

Fenaban e bancários fazem nova rodada de negociações nesta segunda-feira (6)

Informações Correio24hs
Greve dos bancários paralisou 150 agências de Salvador (Foto: Arquivo Correio)
Greve dos bancários paralisou 150 agências de Salvador (Foto: Arquivo Correio)
Uma nova assembleia para definir os próximos movimentos da greve dos bancários está marcada para a noite desta segunda-feira(6). A reunião acontecerá às 18h30, no Ginásio de Esportes do Sindicato dos Bancários da Bahia, localizado na Avenida Sete de Setembro.
A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), Banco do Brasil e Caixa fizeram novas propostas ao bancários neste sábado (4). Na reunião, serão discutidas as propostas de reajuste salarial, que aumentou de 7,35% para 8,5%, e a do piso salarial, que aumentou de 8% para 9%.
O sindicato dos bancários também afirma que "apesar da participação dos bancos oficiais na assembleia, a decisão sobre o fim da greve é coletiva e os bancários que devem definir se aceitam a proposta."
Em greve desde terça-feira (30), os trabalhadores reivindicam, principalmente, o reajuste salarial de 12,5%, sendo 5,8% de aumento real; piso salarial de R$ 2.979; fim das metas abusivas e do assédio moral; vale-alimentação e refeição, cesta-alimentação, décima terceira cesta e auxílio-creche/babá de R$ 724 ao mês; auxílio-educação; gratificação de caixa e de função; e vale-cultura de R$ 112,50.
Na última negociação, no dia 27 de setembro, os bancários rejeitaram a proposta da Fenaban que previa um reajuste de 7,35% (0,94% de aumento real) para os salários e demais verbas salariais e de 8% para o piso salarial. Também foi oferecido auxílio-refeição de R$ 24,88, cesta-alimentação e décima terceira cesta de R$ 426,60, auxílio-creche de R$ 303,70 a R$ 355,02, entre outros benefícios.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário