Exercícios físicos ajudam a evitar pânico e ansiedade, diz OMS

Por Pietro Raña/ Pipa comunicação integrada
(Foto: Divulgação)



Cerca de 264 milhões de pessoas no mundo sofrem de síndrome do pânico e ansiedade, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). As mulheres são as mais afetadas. Os benefícios dos exercícios físicos para a saúde de uma maneira geral são bem conhecidos. Porém, o que muitos não sabem é que eles também podem ajudar a combater os sintomas destes problemas e beneficiar a sua saúde mental, segundo apontou um estudo da OMS. “Os exercícios físicos são capazes de estimular a produção de endorfina, substância que causa a sensação de bem-estar e euforia”, explica Igor Castro, Diretor Técnico da Rede Alpha Fitness. prática de exercícios físicos distrai os pensamentos negativos, comuns durante episódios de pânico e ansiedade. “Fazer exercícios só quando sentir ansiedade ou crises de pânico não vai adiantar. É a prática regular que vai proporcionar os benefícios citados. Mas antes de começar a treinar, consulte o médico para ele averiguar se tem algo que impeça de praticar algum tipo de exercício e quais são os mais indicados. Depois, procurar um educador físico, que oriente a atividade física e preserve o bem estar do aluno”, complementa Igor.

Compartilhar Google Plus

Compartilhe e comente nas redes sociais

Compartilhar Whats

0 Comentários:

Postar um comentário