Atirador invade sede do YouTube; três pessoas foram baleadas e estão em hospitais

Entres as três pessoas baleadas, uma delas esta em estado crítico 

Informações G1
Foto escrito o nome do YouTube
(Foto: Reprodução)

Segundo o chefe de polícia Ed Barberini, ela aparentemente cometeu suicídio após disparar tiros na sede do YouTube, em San Bruno, na Califórnia, na tarde desta terça-feira (3). O ocorrido esta sob investigação.

Três pessoas foram baleadas e estão sendo tratadas em hospitais da região. De acordo com o porta-voz do Zuckerberg San Francisco General Hospital, Brent Andrew, uma delas, um homem de 36 anos, está em estado crítico. As outras duas vítimas também está no mesmo hospital, duas mulheres, uma de 32 anos e outra de 27 anos. Tem uma quarta pessoa ferida, que machucou o tornozelo, está no Kaiser Permanente South San Francisco Medical Center.

Foto na rua cheio de carros entre eles viaturas da policia e policiais indo até o local
Polícia responde nesta terça-feira (3) a relato de tiroteio na sede do YouTube na Califórnia (Foto: Jeff Chiu/AP Photo)

A empresa Alphabet, dona do Google, confirmou por volta das 13 horas (17 horas em Brasília) que investigava um possível incidente com arma de fogo na sede do YouTube, na Cherry Avenue. Cerca de 1.700 pessoas trabalham no local.

Um usuário do Twitter que se identificou como funcionário do YouTube publicou uma mensagem na qual dizia que havia relatos de um atirador no escritório da empresa. Vadim Lavrusik disse ter ouvido barulho de tiros e afirmou estar fechado em uma sala com colegas. Minutos depois ele acrescentou que já havia sido liberado e estava fora do prédio.

Twitter: 






Mapa mostrando o estado da Califórnia, onde fica a sede do YouTube
Tiros na sede do YouTube (Foto: Alexandre Mauro/G1)

Compartilhar Google Plus

Compartilhe e comente nas redes sociais

Compartilhar Whats

0 Comentários:

Postar um comentário