Tesouro Direto bate recorde em agosto

O título mais demandado pelos investidores foi o indexado à taxa Selic

Informações bahia.ba
(Foto: Reprodução/ EBC)

O valor investido no Tesouro Direto teve recorde no mês de agosto. Segundo a Agência Brasil, o valor atingiu R$ 47,7 bilhões. Isso representa um crescimento de 0,8% em relação a julho (R$ 47,3 bilhões) e de 34,6% sobre agosto de 2016 (R$ 35,4 bilhões).
As aplicações de até R$ 5 mil representaram 80,9% dos investimentos realizados e as de até R$ 1 mil atingiram o recorde de 57,1 % do total. O valor médio das operações foi de R$ 6.808,62 no período, queda de 4% em relação ao mês anterior (R$ 7.094,95) e de 33,1% ante agosto de 2016 (R$ 10.175,96).
O valor médio de operações de investimento é o menor registrado desde 2004. Para a Secretaria do Tesouro Nacional, os dados evidenciam que o programa tem se tornado cada vez mais democrático, com a ampliação de pequenos investidores.
De acordo com a pasta, foram realizadas em agosto 198.178 operações de investimento no Tesouro Direto, no valor de R$ 1,349 bilhão. Já os resgates totalizaram R$ 1,408 bilhão, R$ 1,275 bilhão relativo às recompras e R$ 133 milhões, aos vencimentos.
O título mais demandado pelos investidores foi o indexado à taxa Selic (Tesouro Selic), cuja participação no volume total de investimentos atingiu 47,4%.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário