Abrigo de cães e gatos corre risco de fechar por dívida

A instituição soma R$ 33 mil em pendências financeiras e depende da ajuda da sociedade para evitar o encerramento das atividades

Informações bahia.ba
(Foto: Divulgação)

O abrigo São Francisco de Assis, que acolhe cães e gatos em Salvador, corre o risco de encerrar as atividades se não quitar até 10 de junho as despesas do mês de maio, que somam R$ 33 mil. De acordo com o G1, a Associação Brasileira Protetora dos Animais (ABPA-BA), mantenedora do espaço, relatou que o aumento na recepção de bichos no espaço e a queda nas doações são causadores da crise da entidade.
Caso não consiga pagar os valores pendentes, a organização pretende pedir auxílio ao o Ministério Público do Estado (MPE), que não pode tomar providências até que seja formalmente notificado. Enquanto isso, a ABPA-BA mantém a realização semanal de uma feira de doações e adoções na Praça Ana Lúcia Magalhães, na Pituba, todos os domingos. Lá, os interessados podem entregas donativos, em dinheiro ou objetos, e encontrar uma nova companhia para a casa. Basta pagar a quantia de R$ 60 para levar o adotado (o valor é utilizado nas despesas do lar).
Nas redes sociais, colaboradores da instituição mobilizam pedidos de auxílio e chamam a atenção da sociedade para a situação crítica do abrigo.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários