Desabrigados de Lajedinho recebem doação de roupas e alimentos

Os donativos foram arrecadados através de uma campanha organizada por policiais militares com apoio da população de Ruy Barbosa

Informações Correio24horas
Depois dos transtornos provocados pela chuva na semana passada que deixou 94 famílias desabrigadas, os moradores de Lajedinho, no Centro-Norte da Bahia, receberam alguns donativos na manhã desta quinta-feira (6). Roupas, calçados e alimentos foram arrecadados através de uma campanha da Companhia Independente de Policiamento Especializado Chapada (Cipe/Chapada).

Policiais carregam viatura com as doações para as famílias (Foto: divulgação/ SSP)
Policiais carregam viatura com as doações para as famílias (Foto: divulgação/ SSP)
Segundo o comandante da unidade, major Ricardo Passos, a ação começou na semana passada, logo após os estragos da chuva. Os policiais da Cipe são responsáveis pelo policiamento na cidade e se sensibilizaram com a situação dos moradores. 
"Os policiais se comoveram ao ver os moradores sentados na rua, aqueles que perderam os pertences. Começamos uma campanha entre nós, policiais, para arrecadar roupas, mas outras pessoas ficaram sabendo e quiseram ajudar. Na segunda-feira, começamos a fazer uma arrecadação entre a população de Ruy Barbosa, cidade onde fica a sede da nossa companhia. A imprensa ajudou fazendo a divulgação e muitos moradores resolveram colaborar", contou o comandante.

Foram necessárias duas viaturas para levar todos os donativos até Lajedinho, município que fica a 70km de Ruy Barbosa. As doações foram entregues no Centro Social da cidade para as famílias desabrigadas. Duas guarnições entregaram o material.
Os donativos foram entregues no Centro Social de Lajedinho (Foto: Divulgação/ SSP)
Os donativos foram entregues no Centro Social de Lajedinho (Foto: Divulgação/ SSP)

Chuva forte
Segundo a prefeitura de Lajedinho, a chuva que caiu no município durante duas horas, no sábado (1º), causou diversos estragos. Famílias ficaram desabrigadas, casas foram invadidas pela lama e a enxurrada destruiu calçamentos e deixou detritos espalhados pelas ruas. 
A prefeitura está abrigando as famílias em casas do programa Minha Casa Minha vida, que ainda estão sendo finalizadas. A Defesa Civil informou que choveu em 2h o que era esperado para três meses, cerca de 150 mm. Em 2013, a cidade viveu um drama similar e 17 pessoas morreram por conta da chuva.
A chuva forte que caiu durante 2h deixou as ruas destruídas (Foto: Edmundo Carvalho/Divulgação)
A chuva forte que caiu durante 2h deixou as ruas destruídas (Foto: Edmundo Carvalho/Divulgação)

Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários