Cinco pessoas são presas suspeito de tráfico de drogas em Mata de São João

Segundo a Polícia Civil, os presos integram diferentes quadrilhas que atuam no município

Informações Correio24horas
Homens presos durante a operação policial (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)
Homens presos durante a operação policial (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Cinco pessoas foram presas durante operação conjunta das polícias Civil e Militar na cidade de Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador. As prisões acontecerem nesta sexta-feira (24) e os presos são suspeitos de integrar quadrilhas que disputam o tráfico de drogas no município. A ação foi deflagrada para cumprir mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão.  

Foram presos Eidson Pereira de Cerqueira, o Secão, Joseilton Santos da Silva, o Mickey, Alisson dos Santos, o Sinho, Lucas da Silva Sena e Jackson Pena de Jesus. As idades dos suspeitos não foram divulgadas. Eles foram detidos em diferentes localidades de Mata de São João.
Segundo a Polícia Civil, todos os presos são investigados por homicídios relacionados ao tráfico. Joseilton é apontado como autor de, pelo menos, cinco assassinatos. No total, 80 policiais civis e militares participaram da operação.
Durante a ação os policiais apreenderam duas pistolas, sendo uma de 9mm e outra 380, um revólver calibre 32, duas espingardas, carregadores, quatro quilos de maconha, meio quilo de crack, 300 gramas e 173 pinos de cocaína, material para embalar entorpecentes, balanças de precisão, um notebook, uma motosserra, celulares, dois rádios comunicadores e a quantia de R$ 816.
Material apreendido durante a ação conjunta das policiais Civil e Militar (Foto: Divulgação/ PC)
Material apreendido durante a ação conjunta das policiais Civil e Militar (Foto: Divulgação/ PC)

Participaram da operação equipes das delegacias de Mata de São João, Camaçari (18ª), Itaparica (19ª), Simões Filho (22ª), Dias d’Ávila (25ª), Vila de Abrantes (26ª), do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Rondesp/RMS, da 36ª e da 53ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPMs).
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários