Prefeitura não paga salários e médicos restringem atividades em hospital

O caso é registrado no Hospital São Bernado, no município de Alcobaça; profissionais de saúde só atendem pacientes em caso de urgência

Informações bahia.ba
(Foto: Divulgação/Hospital São Bernardo)

Os médicos do Hospital São Bernardo, no município de Alcobaça, região sul da Bahia, atendem apenas pacientes em estado de urgência desde esta quinta-feira (15). A direção do centro de saúde informou que a decisão foi resultado do atraso no repasse dos salários pela prefeitura da cidade.
bahia.ba entrou em contato com o hospital na tarde desta sexta (16), que confirmou que a medida de atender apenas casos graves permanece em vigor. A unidade afirmou, ainda, não ter condições de funcionamento devido à falta de material básico.
A prefeitura e a secretaria de saúde do município foram acionadas pela reportagem, mas não retornaram aos questionamentos. Em consulta aos dados oficiais de Alcobaça, não há registro de pagamento aos servidores do hospital.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários