Dário Meira: professores ocupam prefeitura por tempo indeterminado

Categoria está com salários atrasados há dois meses; aulas e serviços de educação, na cidade, estão suspensos

Informações bahia.ba
(Foto: Giro em Ipiaú)
Os funcionários do setor de educação da cidade de Dário Meira, na região sudoeste da Bahia, estão acampados na sede da prefeitura municipal desde a manhã desta quinta-feira (13) para protestar contra o atraso no pagamento dos salários de setembro e outubro.
Segundo a diretora regional do Sindicato dos Professores da Bahia (APLB-BA), Dilma Miranda, a categoria está paralisada desde terça-feira (11) e deve permanecer em greve até que a situação seja resolvida. A coordenadora local do sindicato, Nubia Novais, informou que houve um almoço solidário promovido pelos manifestantes dentro da prefeitura na tarde desta quinta e a tendência é que se mantenham no local, até que algum representante do poder público municipal aceite negociar a pauta de reivindicações.
A categoria quer evitar que os salários em atraso e os próximos vencimentos, assim como o 13º salário, só venham a ser pagos pelo prefeito recém-eleito e que só assume a gestão em janeiro.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários