Jovem de 21 anos espancada pelo namorado morre em hospital de Conquista

Jéssica estava grávida de quatro meses, mas perdeu o bebê depois de ser espancada pelo namorado

Informações Correio24horas
Jéssica não resistiu aos ferimentos (Foto: Reprodução/Facebook)
Jéssica não resistiu aos ferimentos (Foto: Reprodução/Facebook)

A jovem Jéssica Nascimento, 21 anos, morreu nesta terça-feira (10), em Vitória da Conquista, sudoeste baiano, depois de passar 15 dias internada na UTI de um hospital após ser espancada pelo namorado. O agressor, Américo Francisco Vinho Neto, teve prisão decretada e está foragido.

Jéssica estava internada no Hospital de Base, em estado grave. Ela estava grávida de quatro meses, mas perdeu o bebê depois de ser espancada pelo namorado. Em entrevista à TV Sudoeste veiculada hoje à tarde, a mãe da jovem, Jeane Silva, falou do desespero de ver a filha internada.
"Ela tá toda deformada. Eu entrei lá no hospital, lá na UTI, e não consegui encostar junto dela. Quando eu vi aquela cena eu sai em desespero, chorando, chorando, com medo de perder a minha filha", relatou.
A família relatou que Jéssica estaria com uma bactéria por conta de uma inflamação no pulmão e que chegou a sofrer uma parada cardíaca. A causa da morte foi falência múltipla dos órgãos.
Namorado é apontado como agressor (Foto: Reprodução/TV Bahia)
Namorado é apontado como agressor (Foto: Reprodução/TV Bahia)
ViolênciaA Polícia Militar informou que policiais da 78ª Companhia Independente de Polícia Militar foram chamados para uma casa na Rua Paraíba, no bairro Brasil, por vizinhos que disseram que Américo agredia a namorada desde as 5h30 da terça-feira (26).
Dois homens entraram em briga corporal com o agressor para defender a jovem. A PM chegou e levou todos os envolvidos para o Distrito Integrado de Segurança Pública. A jovem agredida foi levada ao Hospital de Base de Vitória da Conquista.
Américo foi ouvido na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) e liberado após pagar fiança. Posteriormente, ele teve a prisão preventiva decretada, mas não se entregou na delegacia e ainda é procurado. 
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário