Pai e mãe são presos por abusar sexualmente de filha de oito anos

O pai estuprou a menina e a mãe presenciou a cena e bateu na garota para que ela não denunciasse o fato

Informações Correio24hs


Casal foi preso em flagrante  (Foto: Maravilha Notícias)
(Foto: Maravilha Notícias)
Um casal foi preso nesta terça-feira (23) na cidade de Senhor do Bonfim acusado de abusar sexualmente da própria filha, de oito anos. O pai, Boaventura Bispo da Silva, 44 anos, estuprou a menina e a mãe, Maria Aparecida Pereira da Silva, 39 anos, presenciou a cena e bateu na garota para que ela não denunciasse o fato.

Segundo a delegada titular da cidade, localizada a cerca de 380 quilômetros de Salvador, o estupro aconteceu na noite de segunda-feira (22) na casa da família. "A menina estava sangrando muito pelos órgãos genitais e precisaram chamar o Samu. Para a criança não contar nada a mãe começou a bater nela e dizer que ela havia se acidentado com um pedaço de madeira", relata a delegada.

A menina foi encaminhada ao Hospital Dom Antônio Monteiro, em Senhor do Bonfim. Ontem, um ginecologista suspeitou que ela havia sido abusada. A criança foi levada ao departamento de Polícia Técnica de Juazeiro, onde um médico legista confirmou a hipótese. Os pais da menina foram presos em flagrante. Boaventura segue detido na delegacia de Senhor do Bonfim, enquanto sua mulher foi encaminhada para a delegacia de Antônio Gonçalves.

A vítima dos abusos segue internada em estado estável no Hospital Dom Antônio Monteiro. Para ela falar sobre os abusos, a Polícia Civil precisou da ajuda de uma psicóloga e uma assistente social. "Ela estava muito assustada. Não queria contar que tinha sido estuprada e dizia que tinha se acidentado", afirma Jane.

Quando denunciou os pais, a menina também declarou que suas duas duas irmãs, de cinco e 11 anos, também já foram vítimas de abuso sexual dos pais. Elas foram encaminhadas ao DPT de Juazeiro para verificar se elas sofreram estupro. O conselho tutelar de Senhor do Bonfim ainda estuda com quem a garota de oito anos deve morar depois de que receber alta.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário