Polícia investiga estupro e assassinato de irmãs após saída de boate no Rio de Janeiro

Os corpos das irmãs foram encontrados abraçados, com marcas de tiros e sinais de estupro

A polícia do Rio de Janeiro investiga o estupro e assassinato das irmãs Ariane Oliveira de Souza, 19 anos, e Jéssica Oliveira de Souza, 22 anos.
Os corpos das irmãs foram encontrados abraçados, com marcas de tiros e sinais de estupro, em um matagal na favela de Gogó da Ema, na Baixada Fluminense, nesta segunda-feira (25), segundo o jornal O Dia.
Segundo testemunhas, elas foram vistas pela última vez ao serem abordadas por três homens no último domingo (24), na saída de uma casa noturna Rio Sampa.
A polícia tenta identificar os três homens vistos com as irmãs na saída da boate. Funcionários e clientes também estão sendo chamados para depor. Os corpos das irmãs foram sepultados juntas, na segunda, no Cemitério de Belford Roxo. Informações Correio24hs
Irmãs foram vistas pela última vez na saída de casa noturna no Rio (Foto: Reprodução)
Irmãs foram vistas pela última vez na saída de casa noturna no Rio (Foto: Reprodução)

Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário