Chapada Diamantina atrai crescimento nas áreas de turismo, hotelaria e restaurantes


Investidores dos segmentos de turismo e restaurantes elogiaram os baixos números de CVLIs na região

Informações Jornal da Chapada

Os baixos índices criminais na região da Chapada Diamantina têm atraído investidores das áreas de turismo, hotelaria e restaurantes. Em reunião na Secretaria de Turismo (Setur) do Estado, em Salvador, com representantes da Polícia Militar e empresários, o quesito segurança foi levantado como atrativo para o desenvolvimento e avanço destes seguimentos.
O comandante de Policiamento da Região da Chapada, coronel PM Valter Araújo, o secretário da Setur, José Alves, o prefeito da cidade de Lençóis, Marcos Airton, e o empresariado do ramo de hotéis e pousadas também participaram da mesa redonda. A expansão das atividades que movimentam a economia serão ampliadas e, segundo os investidores, a tranquilidade é um dos fatores fundamentais para a escolha da região.
O comandante de Policiamento da Região da Chapada, o secretário da Setur, o prefeito de Lençóis, e o empresariado do ramo de hotéis e pousadas participaram de evento (Foto: Divulgação/ SSP)
O comandante de Policiamento da Região da Chapada, o secretário da Setur, o prefeito de Lençóis, e o empresariado do ramo de hotéis e pousadas participaram de evento (Foto: Divulgação/ SSP)
Com mais de 1600 dias sem registro de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) – homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte e latrocínio -, o município de Abaíra lidera a lista das cidades com mais tempo sem estes tipos de delitos. Quase 50% dos municípios que compõem a a Risp/Chapada Diamantina não tiveram registro de CVLIs este ano.
“É muito bom ver que o nosso trabalho, além de ajudar a alcançar resultados positivos, é também reconhecido por gestores municipais e moradores”, pontuou o oficial Valter Araújo. As informações são da SSP.
Compartilhar Google Plus

Compartilhe e comente nas redes sociais

Compartilhar Whats

0 Comentários:

Postar um comentário