Forte chuva na Chapada Diamantina causa transtornos para a população de Palmeiras; confira vídeos

A chuva invadiu casas e alagou ruas, e além de levar lama para as vias ainda subiu os níveis de córregos que há décadas não enchiam

Informações Jornal da Chapada
(Foto: Eric Almeida/ Montagem do JC)

A forte chuva que atingiu o município de Palmeiras, na Chapada Diamantina, causou
transtornos para a população e deixou muita gente apreensiva devido à água que
invadiu casas e alagou ruas. Muita lama tomou as avenidas e a prefeitura local teve
de usar trator para ajudar na limpeza das vias. Os estragos ainda não foram
contabilizados, foram seis horas de temporal acompanhado de relâmpagos e
trovões da noite da sexta-feira (9) até a manhã do sábado (10).


“Logo após a estiagem podia ser visto a marca alcançada pelo nível da água, muros
caídos e um deslizamento de grande dimensão deixando o bairro das casas
populares praticamente sem acesso”, aponta um internauta que enviou fotos da
chuva e de como ficou a cidade após a tempestade. Ainda conforme informações enviadas ao Jornal da Chapada, existe relatos entre os moradores que não se via uma chuva com tanta intensidade na sede do município há décadas.

“Córregos que há muito tempo não corriam se transformaram em rios, levando
grande quantidade de lama para as ruas, onde alguns moradores abandonaram suas
casas por conta de risco de desabamento”, salienta o internauta. Os pontos
turísticos da região estão cheios, e os rios também tiveram seus volumes de água
ampliados com as fortes chuvas.

Campanha
Nas redes sociais, uma campanha de moradores do Vale do Capão recolhe roupas,
cobertores e alimentos para ajudar as vítimas da chuva. “Venho pedir a ajuda de
vocês em nome das famílias de Palmeiras que perderam tudo com a última chuva da
madrugada. Seja roupa, cobertores, alimentos, toda ajuda é bem-vinda. Quem puder
é só deixar as doações no Café da Vila”, salienta internauta que publicou vídeos e
fotos de como ficou a cidade depois das chuvas.


Confira os vídeos:





Compartilhar Google Plus

Compartilhe e comente nas redes sociais

Compartilhar Whats

0 Comentários:

Postar um comentário