Projeto Verão: dietas milagrosas representam perigo para a saúde


Por Christiane/ Acessória de Imprensa 
Pipa comunicação integrada

Verão, sol, calor, praia, viagens, barriga de fora... Com a estação mais quente do ano, aparecem sempre as promessas de emagrecimento rápido, como a dieta da maçã, das cores, do pão, da sopa, do suco de limão, entre outras; muitas delas mitos. 
Dr Thomas Araujo é nutricionista da Rede Alpha Fitness (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

No verão, a maioria das pessoas se preocupa em perder peso, e as dietas milagrosas passam a ser a grande promessa para o corpo perfeito. Mas fica o alerta: recorrer a dietas da moda sem o devido acompanhamento de um nutricionista pode prejudicar, e muito, a saúde. “O grande problema é que vivemos em um período de imediatismo. Queremos tudo na hora e sem grandes esforços. No entanto, para atingirmos nossas metas é preciso persistência e dedicação”, explica o nutricionista Thomas Araújo, da Rede Alpha Fitness. 

Dietas milagrosas são inadequadas, pois reduzem a quantidade de nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo e podem causar disfunções e problemas sérios de saúde. Além disso, quem inicia uma dieta muito restritiva dificilmente consegue mantê-la por muito tempo, o que gera, assim, o famoso ‘efeito sanfona’ (emagrece e engorda), o que deixa a pele mais propensa a flacidez e estrias. “Para emagrecer, o fundamental é fazer uma reeducação alimentar. Durante as dietas, nos privamos de uma série de coisas, mas que são importantes para o bom funcionamento do nosso organismo. Não devemos cortar nada aleatoriamente. Tudo o que ingerimos tem papel único no conjunto do nosso corpo, só é preciso ter equilíbrio”, acrescenta Thomas. “A reeducação alimentar somada à pratica de exercícios físicos será ainda melhor para potencializar os resultados”, conclui o especialista.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário