Projeto leva esportes e cultura a Pirajá

Margareth Menezes participou da Caravana das Artes e cantou para alunos da rede municipal

Informações Correio24horas
Margareth cantou acompanhada do grupo Quabales (Fotos: Arisson Marinho)

Margareth Menezes foi na tarde desta quarta-feira (4) ao Campo do Irecê, em Pirajá e, além de cantar, como era esperado, aproveitou para bancar a professora. Depois de interpretar, para um grupo de crianças, a música Faraó, aproveitou para dar uma aulinha de história e geografia usando elementos citados na canção de Luciano Gomes: “Esse samba-reggae fala da história do Egito, que fica no norte da África. Aquele era um país muito rico e as pessoas lá acreditavam muito na força da Lua e do Sol. E a letra fala de faraós como Tutancâmon e Akhaenaton”.
A visita da cantora ao bairro integra a Caravana das Artes, projeto que promove, durante quatro dias, a realização de atividades culturais em comunidades de diversas cidades brasileiras, especialmente junto ao público infantojuvenil.
Simultaneamente, ocorre também a Caravana dos Esportes, que estimula as crianças e jovens a praticar atividades como tênis, basquete, vôlei, futebol e slackline. Os projetos são da ESPN, da Disney e do Unicef e, em Salvador, tiveram apoio da Prefeitura de Salvador e da Liga Desportiva e Beneficente de Pirajá. Nos quatro dias, cerca de 3,5 mil crianças de escolas municipais devem participar dos projetos.
No Campo do Irecê, foram montadas pequenas quadras de tênis, basquete e futebol, onde as crianças se divertiram. “É muito bom as crianças saírem da sala de aula, porque não é só ali que se aprende. Viemos de ônibus e, no caminho, elas conheceram lugares que antes não conheciam. Viram os becos, as favelas e o subúrbio e fizeram muitas perguntas”, disse a psicopedagoga Gina Cirne, 57 anos. Gina estava com seus alunos da Escola Orlando Imbassahy, onde ela ensina no projeto Se Liga, do Instituto Ayrton Senna.
Além das atividades esportivas, os estudantes participaram de uma oficina de literatura na Escola Municipal Dona Arlete Magalhães, em Castelo Branco. E alguns professores da rede municipal participaram de um curso de formação promovido pelas caravanas. “A preocupação é preparar os professores para que eles estimulem os alunos a praticarem atividades esportivas e culturais e, principalmente, que permitam às crianças se divertirem e brincarem por meio de novas dinâmicas que nós transmitimos”, disse Adriana Saldanha, diretora da Caravana das Artes e da Caravana dos Esportes. Nesta quinta-feira (5) , a programação segue com as atividades esportivas para os estudasntes e com a exibição de filmes às 19h30, em sessão gratuita e aberta à comunidade. A ESPN vai exibir, ainda na primeira quinzena deste mês, um programa sobre as caravanas em Salvador.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário