Escritores indígenas são destaques do encerramento da Flica neste domingo; Rumpilezzinho agita Fliquinha

Daniel Munduruku e Eliane Potiguara vão debater sobre 'A imperdoável capacidade humana de apagar seus antepassados'.

Informações G1 BA
Flica (Foto: Divulgação)

A mesa de encerramento da 7ª edição da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) terá a causa indígena como destaque neste domingo (8), no claustro do Convento do Carmo, em Cachoeira.

A partir das 10h, Daniel Munduruku e Eliane Potiguara vão debater sobre "A imperdoável capacidade humana de apagar seus antepassados", sob mediação de Suzane Lima Costa

Já a Fliquinha, que acontece no Cine Theatro Cachoeirano, vai dar espaço para escritores de primeira viagem. Serão três autores que irão falar sobre os respectivos primeiros livros que escreveram. São eles: Ila Nunes, Laudete e Moreno.

A programação irá começar às 9h30. Por volta das 10h30, o coletivo Rumpilezzinho vai encerrar a Fliquinha com música de matriz africana tocada por jovens do projeto.

Acompanhe a cobertura da Flica 

Quinta-feira (5)


  • Carlos Moore e Cuti refletem sobre processos históricos, racismo e feminismo


  • Encontro de 'filhos da terra' revive momentos de luta e resistência de Cachoeira: 'Brindamos e comemoramos nossa amada'


Sexta-feira (6)


  • Votos de liberdade: a escrita sobre a morte de Franklin Carvalho e as trajetórias de vida na narrativa de Maria Valéria Rezende


  • Ricardo Lísias e Daniela Galdino dialogam sobre o poder da literatura em intervir no contexto político e social brasileiro


  • Sob declamações e delírios poéticos, Ruy Espinheira Filho afirma: 'literatura é uma arte e a arte não pode ser ensinada'


Sábado (7)


  • Como em uma roda de contação de histórias, Ricardo Ishmael e Chico José desvendam a 'dupla militância da palavra"


  • Em meio a gargalhadas e euforia, Jout Jout e Tia Má conversam sobre preconceito, relacionamento abusivo e solidão da mulher negra

  • Cidinha da Silva, Minna Salami e Denise Carrascosa trilham caminhos da resistência por meio da palavra


  • O conto, a palavra, o livro e o canto de Paulina Chiziane e Elisa Lucinda
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário