Chapada Diamantina tem redução de 16% no número de mortes, informa SSP

Na área que reúne 55 municípios, entre janeiro e setembro, foram registrados 44 crimes a menos que o mesmo período de 2016

Informações Jornal da Chapada
(Foto: Divulgação/SSP)

A Região Integrada de Segurança Pública (Risp) da Chapada Diamantina registra uma redução de 16,2% no número de mortes violentas entre janeiro e setembro de 2017, em comparação ao mesmo período de 2016. Os índices criminais da região foram apresentados, na manhã desta segunda-feira (25), durante reunião do Comitê Executivo do Programa Pacto Pela Vida, em Irecê. A Risp-Chapada é dividida em três Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP): Seabra, Itapetinga e Irecê, que juntas reúnem 55 municípios. A AISP de Itaberaba foi a que alcançou melhor índice, passando de 96 mortes em 2016 para 65 em 2017, 31 casos a menos.
Dez municípios da Risp-Chapada não registrou qualquer tipo de crime violento este ano. No encontro, que reúne as principais autoridades dos poderes executivo, legislativo e judiciário, além de representantes de outros órgãos do sistema de defesa social, são discutidas medidas conjuntas para a redução das causas da violência. Na ocasião, o governador Rui Costa também promove a união se esforços para que todos os setores dêem suas contribuições dentro das suas áreas de atuação.
“Essa redução que observamos na área da Chapada é fruto de um esforço conjunto das equipes. Tivemos alguns investimentos na região, como o aumento dos efetivos das polícias Técnica e Civil, além do crescimento da frota de viaturas da PM, PC e DPT e expansão e reforma de algumas unidades”, explicou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa. Entre os destaques na região está o aumento no número de armas de fogo apreendidas, que subiu de 388, no ano passado, para 426 este ano, até o mês agosto. Ressaltou ainda o lançamento do Centro Integrado de Segurança Pública (CiCom), na tarde desta segunda, e a inauguração da nova sede do Departamento de Polícia Técnica, em Itaberaba, na próxima semana.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário