Esforços e impactos, até dos esportes, podem comprometer a saúde dos olhos

Por Pietro Raña/ Acessória de Imprensa 
Pipa comunicação integrada
(Foto: Divulgação)

Saltos de bungee jump e de paraquedas, mergulhos e atividades mais radicais que possam produzir grandes impactos ou esforços excessivos, tosse persistente e convulsiva ou até mesmo crises de espirros em sequência podem contribuir para problemas na visão. “Qualquer tipo de pancada ou agente externo pode lesionar a visão. Na hora, a depender da intensidade, o paciente pode sentir dor, perceber vermelhidão, vista turva ou até mesmo sangramento. O ideal é procurar sempre um especialista para identificar a gravidade e iniciar o tratamento o mais rápido possível”, afirma Dr. Antônio Nogueira, Diretor Técnico do CENOE Hospital de Olhos.

Em casos muito graves, pode haver ainda o que conhecemos como descolamento da retina. Os buracos na retina (camada interna do olho), constituída de tecido nervoso, que capta estímulos luminosos que se transformam em imagens – permitem a passagem do vítreo (gel que preenche o globo ocular), separando a retina da parede do olho. Segundo o especialista, este movimento pode causar rompimento, hemorragias ou descolamento. “Uma vez descolada, esta parte da retina não funciona mais e causa o aparecimento de uma imagem borrada ou mancha escura na visão”, explica.

 “O importante é procurar imediatamente um oftalmologista se notar qualquer tipo de alteração visual, seja na prática de um esporte ou devido a um impacto forte dentro de casa ou no dia a dia”, alerta Antônio. 
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários