Polícia Militar dá resposta sobre caso de ameaça a brigadista de Barra da Estiva

Na nota oficial, enviada ao Jornal da Chapada, a PM informou como as pessoas devem proceder caso passem por uma situação de violência policial

Informações Jornal da Chapada
(Foto: Reprodução/Jornal da Chapada)

O Jornal da Chapada entrou em contato com a Polícia Militar (PM) para saber sua posição sobre a acusação feita na última quinta-feira (23) pelo brigadista voluntário de Barra da Estiva, cidade da Chapada Diamantina, Edvaldo Miranda Alves, conforme Registro de Ocorrência nº 199/2017, de que teria sido constrangido e ameaçado por policiais militares.
Em resposta, a PM informou “que encaminhou a denúncia para a Ouvidoria da instituição no intuito de apurar devidamente o fato e adotar as providências necessárias. A PM ressalta que não coaduna com comportamentos inadequados por integrantes da corporação e, se comprovada a denúncia, todos os envolvidos serão responsabilizados”. Na nota oficial, enviada ao Jornal da Chapada, a PM informou como as pessoas devem proceder caso passem por uma situação parecida com a de Miranda.
“É importante também que a vítima entre em contato com a Ouvidoria da PM, por meio do 0800 284 0011 ou site www.pm.ba.gov.br, para registrar a denúncia e passar informações que ajudem a identificar os policiais militares envolvidos. O sigilo do denunciante é garantido pela instituição”, aponta texto do Departamento de Comunicação Social da Polícia Militar.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários