Bombeiros retomam combate a incêndio que atinge parque na Praia do Forte

Desde segunda-feira (27) o incêndio atinge o Parque Natural Municipal da Restinga Klaus Peters

Informações Correio24horas
(Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros) 


Equipes do 10º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM-Camaçari) reiniciaram por volta das 5h desta quinta-feira (2) o combate das chamas que atingem o Parque Natural Municipal da Restinga Klaus Peters, em Praia do Forte, na cidade de Mata de São João. De acordo com a corporação, 34 bombeiros e cinco viaturas trabalham no local. A área queimada é de 90 héctares, o que corresponde a 90 campos de futebol.
Desde segunda-feira (27) o incêndio atinge a região. Além do fogo superficial, pelo fato de a região ter muita matéria orgânica no solo, também há combate a incêndio subterrâneo. Em nota, a corporação informou que este tipo de incêndio requer bastante trabalho braçal para em "revirar" o material (solo com matéria orgânica, raízes) e resfriá-lo.
Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, desde quarta-feira (1º), o GRAER, da Polícia Militar da Bahia, atua em apoio com duas aeronaves, utilizando o Bambi Bucket, espécie de bolsa que transporta água para auxiliar no combate às chamas. 
Bahia Sem Fogo
A Sema informou que em 2010 criou o programa Bahia Sem Fogo, com o objetivo de coordenar as ações de prevenção, combate e monitoramento a incêndios em áreas de Unidades de Conservação (UCs) no estado.
A Secretaria orienta que em qualquer sinal de incêndio o cidadão ligue 193. Denúncias de queimadas ilegais e outros crimes ambientais também podem ser feitas pelo telefone 0800 071 1400, ou pelo e-mail denuncias@inema.ba.gov.br, diretamente nos balcões do Inema, na sede ou nas Unidades Regionais do órgão.
O Bahia Sem Fogo atua na prevenção às queimadas, promovendo cursos para formação de peritos, treinamento de brigadistas, reuniões e oficinas com as comunidades rurais, campanhas de prevenção e sensibilização e a organização de subcomitês. 
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários