Sobe para cinco número de mortos em atentado na Ilha de Itaparica

Edna Maria de Santana Sena, de 77 anos, chegou a ser socorrida para o Hospital Geral de Itaparica, mas morreu após ser transferida para Santo Antônio de Jesus

Informações bahia.ba
Edna Maria, 77, chegou a ser transferida para o Hospital de Santo Antônio de Jesus, mas não resistiu aos ferimentos (Foto: Vaner Casaes/ GOVBA)
Edna Maria, 77, chegou a ser transferida para o Hospital de Santo Antônio de Jesus, mas não resistiu aos ferimentos (Foto: Vaner Casaes/ GOVBA)

A quinta morte relacionada ao atentado que deixou seis pessoas baleadas, na localidade de Mar Grande, na Ilha de Itaparica, foi confirmada na noite desta quarta-feira (29). Edna Maria de Santana Sena, de 77 anos, chegou a ser socorrida para o Hospital Geral de Itaparica, mas precisou ser transferida para Santo Antônio de Jesus, onde não resistiu aos ferimentos no abdômen.
Três filhas da idosa, Edna, Jussuara e Jocilene, tinham falecido no dia anterior, vítimas da mesma tragédia. Uma de suas netas, Flávia Luiza Senna Sacramento, 27, segue internada no HGI, mas não corre risco de morrer, de acordo com o titular da 24ª Delegacia (Vera Cruz), Geovane Paranhos.
Apontados como autores do atentado, que teria como alvo pescador Uanderson Sena dos Santos, 30, também neto de Edna Maria, o sargento reformado da Polícia Militar Itamar da Conceição Leal e o seu filho, Ian Cardin Leal, 26, também morreram no incidente em situações ainda não esclarecidas pelos investigadores. Com informações do Correio.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários