Campo Alegre de Lourdes: secretário é preso por fraude em licitações

Esquema já desviou mais de R$ 13 milhões dos cofres públicos; dois empresários também foram detidos em operação realizada pelo Ministério Público da Bahia

Informações bahia.ba
(Foto: Divulgação/Portal Férias)
O secretário de Finanças de Campo Alegre de Lourdes, localizado na região norte do estado, Everaldo Dias Barros, foi preso durante operação contra fraudes em licitações realizada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA). Dois empresários sócios de uma empresa fantasma também foram detidos.
Conforme o promotor Rafael Rocha, a operação “Retorno do Estado” investiga um esquema que envolvia funcionários da prefeitura. O grupo é responsável pelo desvio de mais de R$ 13 milhões dos cofres públicos por meio de licitações. A operação ocorreu na quarta-feira (5), conforme a Polícia Civil informou nesta quinta (6), e corre sob sigilo.
Ao todo, foram cumpridos 23 mandados de prisão temporária, busca e apreensão, além de sequestro de bens e condução coercitiva. A filha da prefeita, que é chefe de gabinete, e um irmão dela, um ex-vereador, também são suspeitos de fazer parte da quadrilha e estão foragidos. A Justiça já decretou a prisão temporária dos dois.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários