Após negociação, greve dos bancários chega ao fim

Trabalhadores da Caixa Econômica votaram pela manutenção da greve no estado e banco será o único a continuar paralisado

Informações bahia.ba
(Foto: Divulgação)
Após 31 dias de paralisação, trabalhadores dos bancos privados, do Banco do Brasil e do Banco do Nordeste decidiram encerrar a greve na Bahia na noite desta quinta-feira (6). Em assembléia realizada  no Ginásio de Esportes dos Bancários na ladeira dos Aflitos, os bancários decidiram aceitar a proposta de 8% de ajuste salarial e o abono de R$ 3,5 mil oferecido pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).
A medida engloba em primeiro momento, os bancos particulares, o Banco do Nordeste e a Desenbahia. As agências devem voltar a funcionar ainda nesta próxima sexta-feira (7). Trabalhadores da Caixa Econômica Federal recusaram o acordo e votaram pela manutenção da greve.
Outros benefícios oferecidos incluem aumento de 10% no vale refeição e no auxílio creche-babá e 15% para o vale alimentação.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários