Preso advogado suspeito de estuprar enteada e amiga de 7 anos em Cocos BA

Há indícios de que o homem também produzia vídeos com os abusos; as mães das crianças foram as denunciantes

bahia.ba com informações do G1
(Foto: Reprodução/bahia.ba)


A Polícia Civil de Cocos, no oeste baiano, prendeu nesta terça-feira (20) um advogado suspeito de abusar sexualmente da enteada e da amiga de sete anos.
Segundo a corporação, o homem, que não teve a identidade divulgada, foi denunciado pelas mães das vítimas, mas utilizou o direito de ficar calado durante o depoimento.
A esposa afirmou na delegacia que há dois meses os crimes eram cometidos contra as menores. Ela disse ainda que ele a ameaçava de morte e, por isso, só o denunciou após a Justiça conceder uma medida protetiva, que o obriga a se afastar da família.
A seccional de Santa Maria da Vitória da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) acompanhou a prisão do defensor e o cumprimento do mandado de busca e apreensão no escritório onde ele supostamente guardaria vídeos produzidos durante os estupros das crianças.
Ele foi capturado na cidade vizinha de Coribe e encaminhado para a carceragem de Santa Maria da Vitória porque a prisão de Cocos continua interditada.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários