Operação da PF desmonta quadrilha de tráfico de drogas em Barreiras

Cerca de 60 policiais federais cumprem 12 mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão em LEM, Barreiras e Irecê

Informações bahia.ba
(Foto: Divulgação/PF)
A Polícia Federal (PF) deflagrou em Barreiras, na região oeste do estado, a Operação Última Fronteira na manhã desta quinta-feira (22). A ação, que conta com o apoio da Polícia Militar, tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada em tráfico de entorpecentes, com atuação principalmente na região. Cerca de 60 policiais federais cumprem 12 mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão nas cidades baianas de Luís Eduardo Magalhães, Barreiras e Irecê, além do bloqueio de contas bancárias e do sequestro de bens imóveis utilizados pela organização criminosa.
As investigações foram iniciadas há cerca de um ano, sendo constatado, nesse período, que os investigados traziam a droga dos estados de Mato Grosso, Goiás e São Paulo, e distribuíam em toda a região oeste da Bahia, sendo parte também enviada a Salvador. Ao longo da apuração, foram realizadas dez prisões em flagrante, sendo apreendida mais de 1,3 tonelada de entorpecentes, entre maconha, crack e cocaína. Algumas empresas de fachada eram utilizadas pelo esquema criminoso para a lavagem do dinheiro ilegalmente obtido com o tráfico.
Os presos serão encaminhados ao sistema prisional, aonde permanecerão à disposição da Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa, e responderão pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico, previstos respectivamente nos artigos 33 e 35 da Lei 11.343/2006, cujas penas, somadas, podem ultrapassar os 25 anos de reclusão.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários