Operação da PM resgata 20 mil animais silvestres no interior baiano

A maioria dos bichos capturados era formada por pássaros e jabutis. Parte deles foi devolvida ao habitat natural

Informações bahia.ba
(Foto: Divulgação/ PM-BA)

A Polícia Militar (PM-BA) divulgou nesta sexta-feira (22) o balanço de uma operação iniciada no dia 11 de julho e concluída nesta quinta-feira (21) que resgatou 20 mil animais silvestres vítimas de crime ambiental no interior do estado.
Segundo a corporação, foram resgatados pássaros, jabutis e diversas outras espécies. Parte dos bichos foi devolvida ao habitat natural enquanto outro grupo foi encaminhado ao Centro de Triagem de Animais (Cetras), em Salvador.
A ação das companhias especializadas Cippa e Coppa, que são integrantes da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI), buscava irregularidades em atividades de extrativismo mineral e vegetal, além do comércio ilegal de animais.
A fiscalização ocorreu nos municípios de Euclides da Cunha, Canudos, Tucano, Monte Santo, Andorinha, Sobradinho, Cansanção, Uauá, Cícero Dantas, Quijingue, Nordestina, Banzaê e Ribeira do Pombal. Os agentes também passaram pelas cidades que ficam às margens das bacias dos rios Itapicuru e Vaza Barris.
Também participaram da operação o Ministério Público da Bahia (MP-BA), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), a Delegacia Regional do Trabalho (DRT), a Secretaria do Meio Ambiente (Sema), a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário