Confederação de ginástica afasta técnico acusado de abuxo sexual

Fernando Carvalho, de 38 anos, foi denunciado pelos pais de um ginasta, menor de idade, que teria treinado com ele até pouco tempo atrás

Informações bahia.ba
Carvalho: afastamento provisório por suspeita de abuso sexual (Foto: Divulgação / CBG)
Carvalho: afastamento provisório por suspeita de abuso sexual (Foto: Divulgação / CBG)


A Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) confirmou nesta sexta-feira (15) o afastamento do técnico Fernando Carvalho da seleção brasileira de ginástica artística masculina. Faltando menos de um mês para o início dos Jogos Olímpicos do Rio, o treinador de 38 anos foi afastado de forma provisória por enfrentar acusação de abuso sexual.
Carvalho é acusado de abuso sexual pelos pais de um ginasta, menor de idade, que teria treinado com o técnico até pouco tempo atrás. O caso foi revelado pelo jornal Folha de S.Paulo. O Ministério Público, de acordo com o veículo, já abriu procedimento para investigar a acusação.
Além do menor, um outro atleta também já teria prestado depoimento ao MP. Carvalho, que foi afastado de suas funções no clube AD São Bernardo, nega as acusações. Nesta sexta, a Confederação confirmou o afastamento da seleção.
“A CBG esclarece que a medida é cautelar para que o profissional possa se dedicar a sua defesa e até que haja pleno esclarecimento dos fatos”, informou a Confederação Brasileira de Ginástica, em nota oficial.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário