Câmara de Jequié é arrombada e computador de vereador roubado

Somente o gabinete de Pé Roxo (PT) foi violado, embora o edifício possua outros sete escritórios de políticos

Informações bahia.ba
(Foto: Reprodução/ Blog do Marcos Frahm)


Continua isolado o prédio anexo da Câmara Municipal de Jequié, no sudoeste baiano, que foi arrombado na madrugada desta quarta-feira (20). O imóvel, localizado na Avenida Rio Branco, no Centro, possui oito salas, mas apenas o gabinete do vereador José Carlos Pereira, conhecido como Pé Roxo (PT), foi violado. Uma CPU foi levada do escritório.
O diretor da Casa Legislativa, Adriano Arleo, disse ao bahia.ba que até as 14h50 a polícia ainda não havia chegado ao local para realizar a perícia. “Estivemos na delegacia pela manhã e eles disseram que viriam até 14h”, afirmou.
Segundo o gestor, o edifício não possui a mesma estrutura de segurança do prédio principal, com câmeras de monitoramento e seguranças da Guarda Municipal, o que deve ter facilitado a ação dos criminosos.
Ao ser questionado sobre novos investimentos em segurança para evitar outros episódios do gênero, o administrador disse que “o presidente [da Câmara] já entrou em contato com o secretário [de Serviços Públicos e Infraestrutura], que vai providenciar”.
Ainda de acordo com o diretor, ao lado do prédio há uma clínica que possui câmeras de vigilância. Ele acredita que a polícia irá solicitar as imagens ao proprietário para verificar se consegue encontrar pistas dos responsáveis pela ação.
O vereador Pé Roxo falou ao blog do Júnior Mascote que o computador guardava apenas projetos, documentos e informações das seções plenárias.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário