Seca em Itapetinga mata 30 mil cabeças de gado desde janeiro

Apenas uma cooperativa teve de reduzir a produção de leite em 60% e a previsão é de que o quadro climático se estenda por mais três meses

Informações bahia.ba
(Foto: Reprodução/ TV Bahia)

O longo tempo de estiagem na região sudoeste da Bahia tem causado os maiores prejuízos para a pecuária da cidade de Itapetinga, onde 30 mil cabeças de gado já morreram vítimas das ações climáticas desde janeiro deste ano.
Segundo informações da TV Bahia, uma cooperativa que atua com gado leiteiro no município teve de reduzir a produção em 60%. O clima seco impede o desenvolvimento do pasto e compromete a manutenção das vacas.
Ainda de acordo com a reportagem, a previsão é de que o quadro climático se estenda por mais três meses.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário