TRE tem longas filas no último dia de cadastro eleitoral

Só precisam ir aos postos aqueles que estão com título cancelado, os que necessitam emitir a 1ª via do título eleitoral e quem precisa solicitar a transferência

Informações bahia.ba
(Foto: Reprodução/ TV Bahia)

Eleitores enfrentam longas filas nas sedes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Salvador, Juazeiro e Itabuna, nesta quarta-feira (4). A corrida ao órgão é para não perder o prazo final para quem precisa regularizar a situação com a Justiça Eleitoral. O atendimento segue até as 18h. Na sede do TRE, na capital baiana, a fila começou a ser formada antes mesmo do amanhecer.
Em Itabuna, teve quem chegou na tarde de terça (2) para marcar lugar, com direito a revezamento com parentes e passar a noite no local, a fim de garantir o atendimento. Em Juazeiro, mais de 600 pessoas devem ser atendidas nesta quarta (4) e muitos eleitores levaram cobertores para passar a noite no local. São mais de 143 mil votantes na cidade.
Mais de 260 mil cidadãos procuraram as sedes do TRE em todo o estado, entre os dias 1º e 29 de abril , para regularizar o cadastro. O número é quase 488% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando 44.686 pessoas buscaram por atendimento. O crescimento alarmante da procura pelos serviços se dá em função da proximidade do fechamento do cadastro e em razão de boa parte dos cidadãos deixarem para última hora a solução de pendências com a Justiça Eleitoral.
Só precisam ir aos postos de atendimento aqueles que estão com título cancelado, o que impossibilita o exercício do voto, os que necessitam emitir a primeira via do título eleitoral e quem precisa solicitar a transferência. Eleitores com algum tipo de deficiência física também devem obedecer o prazo para solicitar transferência de seção comum para uma seção especial.
Documentos necessários – Para requerer os serviços eleitorais, os cidadãos precisam se dirigir aos postos de atendimento munidos de documento oficial com foto e comprovante de residência recente. No caso do primeiro título, para as pessoas do sexo masculino, entre 18 e 45 anos, o comprovante de quitação militar também é obrigatório.
O fechamento do cadastro é nacional. Após esta quarta-feira, e até 10 dias antes das eleições, os únicos serviços que poderão ser solicitados pelo eleitor são a emissão da segunda via do título eleitoral e a certidão de quitação eleitoral.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário