Ex-prefeito de Pedrão é condenado por morte de vice

Segundo as investigações, Gabriel Ribeiro ordenou o assassinato de Antônio Alvim, em 1997, após o vice descobrir irregularidades nas contas da prefeitura

Informações bahia.ba
(Foto: Reprodução / TV Subaé)


O ex-prefeito do município de Pedrão, Gabriel Ribeiro, foi condenado a 37 anos e 9 meses de prisão por ordenar o assassinato do seu vice-prefeito, Antônio Alvim, em 1997, segundo informações do G1. O ex-gestor terá um prazo de dez dias para recorrer da decisão em liberdade, a partir do julgamento, ocorrido nesta quinta-feira (14).
Ribeiro chegou a ficar 119 dias detido logo após o crime, mas respondia em liberdade há quase 20 anos. As investigações da polícia apontam que o ex-prefeito contratou três homens, entre eles um policial militar, para matar Alvim, após o então vice-prefeito descobrir irregularidades nas contas do Município.
Os três suspeitos do homicídio chegaram a ser presos no começo das investigações. Um deles, o PM, que estava detido no Batalhão de Lauro de Freitas, fugiu dias depois da prisão e nunca mais foi localizado. Os outros dois ficaram presos em Salvador por dez anos e atualmente respondem em liberdade. Alvim foi morto em uma emboscada, perto de Pedrão. Ele estava acompanhado pelo empregado Paulo Carneiro, que também foi assassinado.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário