Menina de 12 anos é morta a facadas por homem de 72 em Itabuna; idoso se enforcou

A mãe de Sulamita já havia denunciado o desaparecimento da menina pela manhã na Polícia Civil

Informações Correio24horas
(Foto: Reprodução)
A adolescente Sulamita Guerra dos Santos, 12 anos, foi morta a facadas na noite deste domingo (1º) dentro de uma casa, na cidade de Itabuna, no Sul do Estado. Segundo informações da Polícia Civil, após cometer o crime, o idoso João Soares de Souza, 72, se enforcou com uma corda de nylon. 

As vítima foram localizadas por volta na madrugada de segunda-feira (02), dentro da casa onde o idoso morava, no bairro Sarinha Alcântara. Segundo a Polícia Militar, a mãe de Sulamita já havia denunciado o desaparecimento da menina pela manhã na Polícia Civil.
De acordo com o delegado Evy Paternostro, titular da 6ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), João Almeida e os pais de Sulamita frequentavam a Igreja do Evangelho Quadrangular. O idoso vinha dando presentes e seduzindo a garota há algum tempo. Ao descobrirem a prática, os pais de Sulamita confrontaram o idoso. 

Na noite de domingo, a mãe da garota desconfiou que ela estivesse na casa do idoso, que fica na Rua Corbiniano Freire e resolveu acionar a PM, que, ao chegar no local, achou os dois corpos. O local foi isolado e o Departamento de Polícia Técnica (DPT) acionado para remover e fazer perícia no local. O corpo de Sulamita foi liberado na manhã deste domingo (2) e sepultado pela família. 
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário