Mulher mata companheira, põe corpo em cama box e tenta fugir em carroça

Crime ocorreu nesta quarta-feira (28) em Feira de Santana, interior baiano.
Vítima tinha 20 anos e foi morta com 50 facadas; suspeita foi presa.


Informações G1 BA
Corpo da vítima caiu de carroça (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)
Corpo da vítima caiu de carroça (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)

Uma mulher foi presa após matar a companheira de 20 anos durante briga com cerca de 50 facadas na cidade de Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, nesta quarta-feira (28).
A suspeita de cometer o assassinato foi flagrada, por volta das 14h30, no momento em que tentava transportar em uma carroça o corpo da vítima, Thaiure Silva De Araujo, escondido dentro de uma cama box. Segundo informações da Polícia Civil, o crime foi cometido pela manhã dentro de uma casa na Avenida Canal, no bairro Rua Nova, onde as duas moravam.
Faca que pode ter sido usada no crime foi apreendida pela polícia (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)
Faca que pode ter sido usada no crime foi
apreendida pela polícia (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)
Não há informações sobre o que teria motivado a briga. A principal suspeita é de crime passional, segundo a polícia. Na casa, a polícia encontrou uma faca que pode ter sido a arma utilizada no crime. No local, também foi localizado uma fronha com manchas de sangue.
Após ter matado a vítima, a suspeita colocou o corpo dentro da cama box e, em seguida, em cima de um carroça. Durante o trajeto, no entanto, a suspeita teria se desequilibrado e caído do veículo, próximo ao Centro de Abastecimento.
Testemunhas que tentaram socorrer a suspeita perceberam o corpo no interior da cama e chamaram a polícia. A suspeita, que se feriu na queda, foi atendida por unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital Geral Clériston Andrade, onde recebeu voz de prisão.
A polícia investiga se mais alguma pessoa tem envolvimento no crime ou possa ter ajudado a suspeita a ocultar o corpo e tentar fugir. A suspeita de cometer o crime está sendo ouvida na noite desta quarta pelo delegado Carlos Lins, da Delegacia de Homicídio da cidade.
Crime aconteceu dentro da casa onde as duas mulheres moravam (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)
Crime aconteceu dentro da casa onde as duas mulheres moravam (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)

Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário