Ibicoara e mais dezessete municípios baianos são contemplados com novas ambulâncias do Samu

Na Bahia, o atendimento pelo Samu já cobre 269 cidades, sendo que 207 contam com bases descentralizadas e ambulâncias

Informações Correio24horas
Dezoito municípios baianos foram contemplados na manhã desta terça-feira (15) com a renovação da frota de ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o Samu 192. Os municípios contemplados são Guajeru, Ibicoara, Ibipitanga, Ituaçu, Livramento de Nossa Senhora, Malhada de Pedras, Paramirim, Rio de Contas, Rio do Pires, Tanhaçu, Jequié (na região centro sul), Porto Seguro (no extremo sul), Juazeiro (no Vale do São Francisco), Ibirapuã, Itanhém, Mucuri, Nova Viçosa (no sul) e Alagoinhas (no nordeste).

(Foto: Alberto Coutinho/ GOVBA)

Na Bahia, o atendimento pelo Samu já cobre 269 cidades, sendo que 207 contam com bases descentralizadas e ambulâncias. Os veículos do tipo padrão foram entregues pelo vice-governador e secretário estadual de Planejamento, João Leão, e pelo secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas, no pátio da Secretaria da Saúde (Sesab), em Salvador.
O governador Rui Costa, que havia confirmado presença no evento, não pôde comparecer devido ao encontro que teve com a presidente Dilma Rousseff e outros governadores da base aliada na noite de segunda (14).
Segundo o secretário Fábio Vilas-Boas, a renovação das ambulâncias equipadas para o transporte de pacientes entre municípios vizinhos garante a rapidez e eficiência no atendimento a casos de urgência. "Esta renovação permite uma maior eficiência do serviço com ambulância novas, equipadas e que darão tranquilidade e segurança para que o sistema funcione sem interrupção". "Estamos garantindo não só a expansão, porque as ambulâncias antigas vão ser transferidas para a posse dos municípios", adicionou.

Vilas-Boas falou ainda do critério utilizado para escolher os dezoito municípios. "O critério é por antiguidade, os pedidos mais antigos vão sendo atendidos progressivamente, até que a frota seja renovada completamente", explicou.
Já João Leão disse que a descentralização da assistência à saúde segue sendo uma das prioridades no estado. "A quantidade de vidas salvas pelo Samu é impressionante e a Bahia precisa disso e vamos continuar trabalhando para melhorar a saúde".

O prefeito de Ibipitanga, cidade com cerca de 15 mil habitantes, comemorou a nova ambulância. "A gente tem uma unidade do Samu com uma ambulância. Ela já tem três anos de uso e começa a se desgastar. Essa nova vai ajudar a continuar o serviço, que é essencial à população. A antiga vai ficar como suporte, para o caso de surgir duas emergências", disse Beto Rodrigues (PT).

Policlínicas
Alguns prefeitos mencionaram a vontade de ter policlínicas em seus municípios. Elas são unidades de saúde que realizam procedimentos de média e alta complexidade no âmbito do atendimento 24h, incluindo diagnóstico e exames. "Queremos agradecer a oportunidade de Jequié ser sede da policlínica, porque atendemos em torno de 26 municípios. A policlínica vai criar uma condição melhor para o Hospital Regional Prado Valadares", disse a prefeira de Jequié, Tânia Britto (PP).

O prefeito de Alagoinhas, Paulo Cezar Simões (PDT), disse que a unidade é um desejo de sua cidade. "Tem um projeto do governo do estado de fazer uma policlínica nas grandes cidades. Alagoinhas, com fé em Deus, será contemplada", planeja. O secretário municipal de Saúde, Reginaldo Paiva, disse que a cidade, um centro na região, atende uma população de 1 milhão de habitantes distribuídos em 12 municípios.

O titular da Sesab, Vilas-Boas, garantiu as policlínicas até o fim do ano. "A legislação das policlínicas será votada hoje. Uma vez aprovada, vai permitir que os municípios criem os consórcios. Depois que criarem os consórcios, a gente constrói as policlínicas. Mas sai esse ano, com certeza", assegurou.

* Com informações do repórter Thiago Freire
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário