"'Verdades Secretas' é uma ofensa", diz dono de agência

Marcus Panthera afirmou que processaria Walcyr Carrasco pelo enredo do folhetim

Informações Correio24horas
Marcus Panthera afirmou que a novela era uma ofensa; Camila Queiroz é protagonista e vai fazer parte do book rosa (Foto: Divulgação)
Marcus Panthera afirmou que a novela era uma ofensa; Camila Queiroz é protagonista e vai fazer parte do book rosa (Foto: Divulgação)

A novela 'Verdades Secretas' tem causado a maior polêmica no mundo da moda. O motivo? O folhetim mostra o famoso 'book rosa' - catálogo de modelos que também são garotas de programa. No entanto, em entrevista ao 'Uol', Marcus Panthera, dono da agência Mega Brasil, afirmou que o enredo da trama não passa de uma ofensa aos profissionais da área.
"A novela cria estereótipos que só prejudicam as agências e depõe contra profissionais sérios – tanto empresários como modelos", disse ele. Marcus contou ainda que, se a novela se passasse nos Estados Unidos, onde mora, ele processaria Walcyr Carrasco.

"Nós lutamos para acabar com esse estereótipo idiota, que só existe no Brasil, aliás, de que modelo masculino é sempre gay, e que as modelos são sempre prostitutas. Aí vem esse velhaco (Carrasco) nos afrontar com esses absurdos. Por outro lado, tenho de falar que a direção e a fotografia estão excelentes, o que deixa mais puto ainda, pois poderiam fazer uma história mais real. Seria mais interessante. Esse autor diz que pesquisou o mundo das modelos e agências. Conversa mole. Imagine só a pesquisa dele. Se tivesse ido a uma agência profissional não mostraria esse relato patético", explicou.
Procurada pela publicação, a Globo disse que "as novelas são obras de ficção sem compromisso com a realidade, como registramos ao final de cada capítulo. Ao recriar livremente situações que podem ocorrer na vida real, a dramaturgia busca apenas tecer o pano de fundo para suas histórias, nunca com a intenção de ofender qualquer categoria profissional".
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário