Operação de combate ao tráfico de drogas prende seis pessoas na Bahia

Ação conjunta entre as polícias Civil e Militar contou com 290 policiais.
Revólveres, drogas, aparelhos eletrônicos e dinheiro foram apreendidos.


Informações G1 BA
Seis são presos em operação das polícias Civil e Militar em Feira de Santana (Foto: Divulgação/Polícia Civil de Feira de Santana)
Seis são presos em operação das polícias Civil e Militar em Feira de Santana (Foto: Divulgação/Polícia Civil de Feira de Santana)

Seis pessoas foram presas durante uma operação conjunta das polícias Civil e Militar em Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, na manhã desta quinta-feira (18).
Intitulada "São João em Paz", a ação tem como objetivo o combate ao tráfico de drogas, crimes contra o patrimônio e homicídios. Além das prisões, armas, dinheiro e drogras foram apreendidos.
Segundo informações da Polícia Civil de Feira de Santana, 33 mandados de busca e apreensão domiciliar foram expedidos pelo Juíz da Vara de Tóxicos da comarca, com parecer do Ministério Público (MP-BA).
Operação das polícias Civil e Militar em Feira de Santana  (Foto: Divulgação/Polícia Civil de Feira de Santana)
Operação das polícias Civil e Militar em Feira
de Santana  (Foto: Divulgação/Polícia Civil de
Feira de Santana)
Cerca de 290 policiais participaram da operação. Ainda segundo a polícia, além das seis pessoas presas em flagrante, quatro por uso de drogas e duas por cumprimento de mandados de prisão preventiva, outras 13 pessoas foram conduzidas pela polícia. Elas foram ouvidas e liberadas em seguida.
Conforme a polícia, foram apreendidos três revólveres, uma espingarda, 40 munições calibre 38, seis calibre 32, 161 trouxas de maconha, 75 "bulas" de maconha, oito "dolões" de maconha, 34 petecas de cocaína, 46 "pinos" de cocaína, 377 gramas de maconha prensada e uma quantia de R$ 4.619,05. Dezoito aparelhos de celular, um notebook, um tablet, três balanças de precisão, material para embalagem de drogas e três motos também foram apreendidos.
A polícia ainda informa que alguns dos homens presos teriam ligações com a facção criminosa conhecida como "caveiras".
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário