Jovem de 23 anos descobre tubos gigantes no campo magnético da Terra

Foi provada uma teoria que existia há 60 anos: de que tubos gigantes de plasma compõem os campos magnéticos que cercam a Terra

Informações UOL
(Foto: Divulgação)

A estudante de graduação da Universidade de Sydney Cleo Loi, 23, conseguiu provar uma teoria que existia há 60 anos: de que tubos gigantes de plasma compõem os campos magnéticos que cercam a Terra. Até então os tubos nunca haviam sido observados.

(Foto: Divulgação)
Utilizando de um telescópio que capta sinais de rádio, localizado no deserto australiano, a jovem inventou uma forma de observar a magnetosfera da Terra em 3 dimensões e pela primeira vez a comunidade científica soube, com mais certeza, qual o formato do campo magnético.
A magnetosfera inclui a ionosfera e a plasmosfera e serve como uma barreira de proteção para a Terra por causa das partículas emitidas pelo Sol durante as tempestades solares.
O resultado da pesquisa terá um resultado prático já que um melhor entendimento da composição da magnetosfera permite que se evite a interferência em sistemas de navegação, como o GPS, por exemplo. Essas estruturas podem influenciar ainda as observações astronômicas. O estudo científico foi divulgado na publicação científica Geophysical Research Letters (e pode ser lido aqui em inglês). 
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário